Inês Tafarelo

Sócia Correspondente 419
Morungaba – SP – Brasil

Biografia:

Inês Tafarelo Tuon nasceu em Morungaba, SP. Ainda pequena, sua família mudou-se para Presidente Prudente, PR, aí vivendo dois anos. Depois voltou para os arredores de Itatiba, SP, para a Fazenda Tafarelo de seus pais no Bairro da Boa Vista. Inês é descendente de uma família de imigrantes italianos. Filha de Silvio Tafarelo e Emilia Zaneli, viveu sua infância e adolescência na fazenda. Com seis anos de idade entrou para a Escola da Fazenda Atibainha, concluindo seus primeiros anos de aprendizagem e terminando o curso ginasial no Grupo Escolar da cidade de Itatiba, SP. Casou-se aos dezessete anos com Luiz Tuon. Estudou acordeon e orgão com o professor e músico Juvenal Medeiros durante 5 anos. Em 1954 tocava na Radio Progresso de Itatiba, fazendo parte do conjunto musical “Gino e seu Conjunto”, também tocava orgão na igreja da região. Mudou-se para Piracicaba, SP em 1958 pelo fato de seu esposo vir trabalhar no Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Nesta cidade nasceram seus três filhos. Atualmente vive em Piracicaba. Possue uma firma comercial desde 1974, onde exerce continuamente sua profissão de comerciante. Toda vida escreveu, e desde 1981 escreve muitas poesias e artigos, dos quais muitos foram publicados. Elaborou seu primeiro livro de poesias “Eu e a Vida” em 1983, lançado em 07 de outubro com o apoio da Academia Piracicabana de Letras. A partir dessa época, participou de vários concursos de poesia e antologias literárias. Prestigiando os eventos culturais da cidade, contribue nas áreas de música, dança, artes plásticas, poesia e literatura, sempre com o intuito de elevar o nome de Piracicaba para a grandeza da cidade.

E-mail: inestafarelo@yahoo.com.br Site:http://ines.tafarelo.tuon.sites.uol.com.br

PARTICIPAÇÃO EM CONCURSOS E EVENTOS CULTURAIS

1.II Encontro de Artes ADELPHA FIGUEIREDO. Seção: Poesia-Mural. Realizado em São Paulo, SP em 18 de outubro de 1984.

2. Curso de Difusão Universitária de Parapsicologia Centro Latino-Americano de Parapsicólogia (CLAP). Realizado em Piracicaba, SP em 30 de julho de 1984.

3. Prêmio de Publicação no V Concurso RAIMUNDO CORREA de Poesia, tendo sido selecionada para participar do Livro Poetas Brasileiros de Hoje 1986. Promovido pela Shogun Arte.

4. I Encontro de Escritores. Promovido pela Prefeitura de Piracicaba, com a colaboração da Academia Piracicabana de Letras, em 22 de novembro de 1986.

5. Semana Cultural. Promovida pela Prefeitura do Município de Piracicaba e Coordenadoria de Ação Cultural. Realizada no Teatro Municipal Dr. Losso Netto no período de 21 a 27 de setembro de 1987.

6. II Concurso Mahatma – Tema Paz – Promovido pela Academia de Yoga Sarasvati em 24 de outubro de 1987.

7. Prêmio de Publicação no VII Concurso RAIMUNDO CORREA de Poesia, tendo sido selecionada para participar do Livro Poetas Brasileiros de Hoje, 1988. Promovido pela Shogun Arte.

8. Semana Cultural. Promovida pela Prefeitura de Piracicaba e Coordenadoria de Ação Cultural. Realizada no Teatro Municipal de Piracicaba Dr. :Losso Netto, no período de 16 a 22 de setembro de 1988.

9. II Concurso Nacional de Poesia. Promovido pela Miramar Shopping. Realizado em Santos, SP em 14 de março de 1989. Destaque para a poesia “Orbita”.

10. Participou do filme em curta metragem “O Quarteto”. Realizado em Piracicaba pelo diretor Lauro Pinotti.

11. Participou do Concurso de MPB- Golden Music com a letra da musica “Dança do Mar”.

12. Curso “Poética Contemporânea”, promovido pelo Clube dos Escritores de Piracicaba, ministrado pelo escritor Carlos de Moraes Júnior. Local: Escola Estadual de 1o e 2o grau “Sud Mennucci”. 1995.
TÍTULOS, DIPLOMAS E MEDALHAS RECEBIDOS

1. Diploma de Gratidão “THALES CASTANHO DE ANDRADE”, pelo lançamento de seu livro “Eu e a Vida – Poesias”. Conferido pela Academia Piracicabana de Letras em 28 de fevereiro de 1985.

2. Certificado de Ocupante da Cadeira X, cujo patrono é Calil Gibran Calil. Registro no. 10, livro 03, página 10. Conferido pela Academia Piracicabana de Letras na Sessão Magna “Fortunato Losso Netto” em 13 de abril de 1985.

3. Diploma de MENÇÃO HONROSA no IV Concurso RAIMUNDO CORREA de Poesia. Conferido pela Shogun Arte em janeiro de 1985. Rio de Janeiro, RJ.

4. Certificado da Entrega do Medalhão. Conferido pela Academia Piracicabana de Letras, na Sessão Magna de entrega do Medalhão, em 26 de setembro de 1987.

5. Medalhão de Membro e/ou Patrono(a). Conferido pela Academia Piracicabana de Letras em 26 de setembro de 1987.

6. Diploma de Patrona. Conferido pela Academia Piracicabana de Letras em 30 de setembro de 1988.

7. Título de Cidadã Piracicabana conferido pela Camara dos Vereadores de Piracicaba, em 01 de agosto de 1996.

8. Membro Titular do Colegiado Acadêmico pelo Clube dos Escritores, Cadeira 13 – Patrono: Antonio Alonso Quinhoneiro, 2000.

9. Diploma ” Irmã Maria Felicíssima Moschini” de Mérito Cultural, homenagem conferida pela Câmara dos Vereadores de Piracicaba na comemoração da Semana da Cultura Italiana, em 07 de dezembro de 2001.

10. Diploma de Magnum Meritum Cívico e Cultural conferido pelo Clube dos Escritores Piracicaba, em 01 de outubro de 2002.

11. Título de Persona Mundi outorgado pelo Clube dos Escritores Piracicaba, em 27 de novembro de 2004.

12. Título de Mérito Literário Francisco Lagreca outorgado pelo Clube dos Escritores Piracicaba, em 26 de agosto de 2006.

PARTICIPAÇÃO EM ANTOLOGIAS E COLETÂNEAS

1. Boletim Lume Especial AMORC. Ano 1983. P-9. Poesia “Eterno Mistério”. Piracicaba, SP.

2. Poetas Brasileiros de Hoje. Ano-1985. P-43. Poesia “Pedras”. Editora Shogun Arte. Rio de Janeiro, RJ.

3. Escritores Brasileiros. Ano – 1985. p-48. Poesia “Paz”. Editora Crisalis – RJ.

4. Lavra-Palavra. Antologia de Piracicaba. Ano – 1985. Pgs:40-44. Poesias – “Dança do Mar”, “Murmúrios de Piracicaba”, “Protegida Estarei”, “Pulsar em Melodia”, “Miragem”, “Meus Momentos”. Editora João Scortecci. São Paulo.

5. Anuário de Poetas do Brasil. Ano-1986. Pgs: 183-188. Conjunto “Reflexões”, Poesias-”Espelho”, “Pulsar em Melodia”, “Liberta-te”, “Protegida Estarei”, “Meus Momentos”, Gota de Orvalho”, “Meu Sol Arrastando-me”, “Murmúrios de Piracicaba”. Editora Folha Carioca Ltda e Organização de Aparicio Fernandes. R. de Janeiro, RJ.

6. Boletim – Literarte em Época. Ano- 1986. P-10. Poesia – “Espelho”. Orgão Oficial da Academia Piracicabana de Letras. Piracicaba, SP.

7. Poetas Brasileiros de Hoje. Ano-1986. p-52. Poesia- “Alcançar os Ventos”. Editora Shogun Arte. Rio de Janeiro, R.J.

8. I Antologia Nacional de Contos e Poesias. Ano- 1986. Pgs:70-71. Poesias – “Terra”, “Amor, Eu te Amo”. Mirante arte Editorial, São Paulo, SP.

9. Poetas Brasileiros de Hoje. Ano-1987. P-25. Poesia – “Reflexão”. Editora Shogun Arte, Rio de Janeiro, RJ.

10. Cascata de Versos. Ano-1987. P-94. Poesia – “O Poder da Poesia”. Editora Pirilampo. Coordenação de Paulo César dos Santos. Petrópolis, RJ.

11. Poetas Brasileiros de Hoje. Ano-1988. P-42. Poesia- “O Poder da Poesia”. Editora Shogun Arte. Rio de Janeiro, RJ.

12. Ciranda de Versos. Ano-1989. P-68. Posia-”Órbita”. Editora Pirilampo. Petrópolis, RJ.

13. Antologia. Poética Nacional.Vol XV.João Scortecci Editora, 1995. Poemas: “Delírio da Árvore”(Homenagem à árvore da R. São João com a R. Voluntários); “Serei como você mamãe”(A busca de todas as mães).

14. Coletânea do Clube dos Escritores de Piracicaba. Lançamento em 06/12/1995, participando com 5 poemas juntamente com outros participantes.

15. Revista Católica de São Paulo – Anais de Nossa Senhora do Sagrado Coração. Página “Contato Mútuo”. Poemas: “Força Maior”, “Grito”.

16. Coletânea “Os Versos Que Te Dou”. Ano-1989. Poema: “Transcendência”, Editora Pirilampo. Petrópolis, R.J.

17. 3a Antologia de Contos e Crônicas com o conto “Que Leve a Breca”. João Scortecci Editora.

18. Dicionário Bibliográfico de Escritores Brasileiros Contemporâneos, Coordenação de Adrião Neto, Teresina, Piauí, 1998.
SOCIEDADES CULTURAIS E ARTÍSTICAS A QUE PERTENCE

1. Sócia Titular da Ordem Nacional dos Bandeirantes. Ordem Matter – São Paulo. 03 de dezembro de 1986.

2. Academia Paulistana da História. São Paulo de Piratininga. São Paulo. 03 de dezembro de 1986.

3. Academia Petropolitana de Poesia RAUL DE LEONI. Petrópolis, RJ. 27 de março de 1987.

4. ABRARTE – Cultura Artística de Petrópolis. Petrópolis, RJ. 28 de setembro de 1987.

5. Cultura Artística de Piracicaba. Piracicaba, SP. Janeiro de 1980.

6. Academia Internacional de Heráldica e Genealogia. 03 de dezembro de 1986. Uruguaiana, RS.

7. Associação Urugruaianense de Escritores e Editores. 03 de maio de 1986. Uruguaiana, RS.

8. Clube Nacional da Boa leitura. 05 de julho de 1986. Uruguaiana, RS.

9. Academia Internacional de Ciências Humanísticas. 06 de novembro de 1986. Uruguaiana, RS.

10. Federação das Entidades Culturais Fronteiristicas. 01 de março de 1986. Uruguaiana, RS.

11. Academia de Letras de Uruguaiana. 13 de abril de 1986. Uruguaiana, RS.

12. Academia de Trovadores da Fronteira Sudoeste do RGS. 20 de janeiro de 1986. Uruguaiana, RS.

13. Academia Internacional de Letras “3 Fronteiras”. 20 de julho de 1986. Uruguaiana, RS.

14. União Brasileira de Escritores (U.B.E.).19 de agosto de 1983. Sócia no. 1819. São Paulo, SP.

15 Academia Piracicabana de Letras. Ano de 1983. Sócia no.27. Piracicaba.

16. Instituto Genealógico Brasileiro. Ano de 1983. Sócia no. 1345. São Paulo.

17. Instituto Histórico e Geográfico de Uruguaiana. 23 de outubro de 1986. Uruguaiana, RS.

18. Clube de Poesia de Uruguaiana. 09 de junho de 1986. Uruguaiana, RS.

19. Academia de Letras da Fronteira Sudoeste do RGS. 13 de fevereiro de 1986. Uruguaiana, RS.

20. Centro de Estudos de Difusão Cultural “Romaguera Correa”. 15 de abril de 1986.

21. Clube dos Escritores Piracicaba , em 11 de novembro de 1995 recebe a carteira de Sócia Fundadora.

POESIAS E ARTIGOS PUBLICADOS EM JORNAIS

1. “Rock in Rio”. Jornal de Piracicaba de 18 de janeiro de 1985. p-02.

2. “O Bailado da Primavera”. Jornal de Piracicaba de 06 de outubro de 1988.

3. “Piracicaba – Terra da Poesia”. Tribuna Piracicabana de 22 de julho de 1986.

4. “Minha Saudação a Piracicaba”. Jornal de Piracicaba em “O prato do dia”, em 28 de agosto de 1984.

5. “Piracicaba, Você é Primavera”. Jornal de Piracicaba em “O prato do dia”, em 27 de agosto de 1985.

6. “Uma Pequena Estória”. Jornal Literarte da Academia Piracicabana de Letras em 03 de julho de 1983.

7. “Bambolê”- Bate Papo sobre a cidade de Itatiba. Jornal de Itatiba em 19 de julho de 1994.

8. Jornal de Itatiba com o poema “Política” em 1993.

Trabalhos

Encanto de sentir

Inês Tafarelo Tuon

Não quero fazer poesias com palavras.
Quero me sentir absolta e sensibilizada,
entrando na essência solta pelos ares,
como uma antena que capta ecos perambulantes,
os diferentes sons que transitam
como o vento forte,
deixando seu zunido assustador e feiticeiro.
Minhas vibrações são como uma pena
movida pelo redemoinho do vento,
levantando-se da terra e pondo-se a girar.
E me encontro sobrevoando também pelos ares,
como que empurrada por uma força muito grande.
É a correnteza da satisfação absoluta.
Transponho espaços do tempo
que emergem até os movimentos
que esqueço o que procuro,
envolvida no véu de tanto amor puro,
com tanta vibração de vida.
Volto novamente ao mesmo ponto de onde parti,
a desenrolar o encanto de sentir,
de autorizar a mim,
a escrever poesias.

Murmúrios de Piracicaba

Inês Tafarelo Tuon

Cidade fantasia, poética.
onde nasceram folclores em festas.
Do alvoroçar das andorinhas
revoando em madrugadas frias.
Dos dias quentes de verão,
da terra vermelha e poeirenta,
dos caminhos transportando a cana.
Cheiro de restilo das grandes usinas,
das maiores industrias,
chaminés gritando Dedini.
Cidade cobiçada pelos visitantes,
de ricas escolas e culturas artísticas.
Nosso rio, lindo com sua cachoeira
derramando águas da ribanceira,
dos turbilhões e borbotões de espuma
formando neve e fios brilhantes
encantando a visão dos poetas.
O magnetismo do sol poente.
Personagens felizes percorrendo as ruas.
agitados sussurros dos transeuntes.
Terra de riqueza a minar o alcool.
Murmúrios de futuros campos…
Murmúrios de esperanças amplas…
Murmúrios da língua do mundo…
Regurgitando em terras prometidas
a todos os povos cheios de esperanças.

Transcedência

Inês Tafarelo Tuon

Vem, vem hoje,
este é o nosso grande dia,
dando-nos as mãos,
seremos a força maior.
Embevecidos no invisível magnetismo,
seremos levados como a brisa,
atravessaremos escadarias sem fim,
numa fascinação astral.
Hoje, seremos os mesmos,
de ontem, e de sempre,
pesquisaremos dentro de nós
o poder da força do amor,
junto à sinfonia,
da música divina
a nos guiar.
Observaremos as nuvens,
sua incubação espacial,
suas pressões rotativas
irradiadas pelo astro sol.
Nesta transcendência
de não sentir o existir
entre grandes emoções,
estaremos submersos
no crepúsculo
do nosso amor sem fim.