Maria Goretti Senra

Sócia Correspondente 1102
Colorado D’Oeste – RO – Brasil

Biografia:

Contadora, com 2 livros de poema no prelo.

Blog: gorettipoetadoamor.blogspot.com

Trabalhos

Crucificação

Teu corpo de homem maduro
Me lembra um lobo no cio
Põe fogo na minha boca
E em minha pele arrepios
Me faz mulher, me faz fera
Me faz amada e amante
E é tudo que me fascina:
– Deitar, pousar meu cansaço
Na cruz fatal dos teus braços!

Desejo

Que desejo é este
Que me consome?
Que vontade é esta
De gritar teu nome?

Que sonhos são estes,
Que invadem minha realidade?
Que fantasias são estas.
Que diminuem a minha idade?

De uma fresta em meu coração
Fizeste uma porta.
Entrego a ti minha paixão…
Agora… é só o que importa!

Meu coração sempre será teu

Caminhar nas águas,
Congelar o fogo
Tocar o céu
Ouvir a canção predileta
E ficar calada.
Provar o doce

E não saciar a vontade.
E ficar assim,
Controlando a ansiedade
Pelo tempo que não passa,

Pelas rochas que não movem
E a maré que não sobe.
Mas, lentamente,
As estrelas mudam.
Dançam no infinito,
Enquanto me limito,
A trocar os pés pelas mãos.

Por isso, calma.
Apenas, me abrace agora,
E ouça meu coração dizer,
Que ele sempre foi e será teu.”

Estou em falta contigo

Estou em falta contigo…
.
Mas isso não durará muito tempo mais.
.
Meus versos ainda irão visitar sua intimidade…
.
Penetrando bem fundo em sua alma…
.
Do cheiro de amor ao final da tarde…
.
Que ainda queima e em meu corpo ardentemente…
.
Da lança oculta em suas carnes quentes…
.
Desbravando, encontrando, abrindo caminho…
.
Do calor do seu amor que ainda me acende…
.
Para depois se apagar, com o jorrar de um rio…
.
Rio de amor que escorre para dentro,
.
Para dentro do paraíso de espessa folhagem…
.
Onde escondem-se novos e velhos segredos…
.
Onde usa-se nova ou velha roupagem…
.
Do torpor que então se advem do gozo de amor…
.
Do calor molhado a escorrer dos lábios,
.
Do beijo indecente a acender-me o sexo…
.
Da mão abusada, que percorre a carne…
.
E mais uma vez estaras dentro de mim…
.
Sentindo-te ali, como se fossêmos um…
.
Gemendo e suando… a se contorcer…
.
Em todo lugar e em lugar nenhum…